Bookmark and Share the Escorts Ads you find on the Web

Blog

Our Escorts Pins Blog. Ranging from Escorts gossip, Sex health, sex news and escort reviews, anything goes here.
We invite anyone to guest post on our blog. Please check the proper navigation link “Write on our Blog”

11 days ago / escortspins
Acompanhantes Dominadoras – Como ser uma ?

O que são acompanhantes dominatrix?

Uma acompanhante dominadora é alguém que assume a posição dominante numa relação comercial de servidão , disciplina, sadismo, e masoquismo (BDSM).

 

Neste caso, pode desempenhar um papel de fantasia para o prazer mútuo de si e do seu cliente. Uma conduta adequada, comunicação e práticas são essenciais não só para cultivar a fidelização do cliente e subsequentes marcações, mas também para evitar qualquer dano corporal ou psicológico a qualquer um dos lados, ao cliente ou à acompanhante.

 

Ter a atitude Dominatrix adequada.

Determine o que se sente à vontade para fazer. Uma acompanhante pró-dominadora tem a opção de ter pouco ou nenhum contacto sexual com os seus clientes. Muitas prestam, contudo, uma vasta variedade de serviços sexuais aos seus clientes. Mesmo que esteja a desempenhar um papel com o seu cliente, é vital descobrir o que se sente à vontade para fazer e dizer. Uma acompanhante dominadora deve sentir-se sempre à vontade e no comando.

 

Como dominadora profissional, é importante estar ciente dos perigos. Mesmo que tome todas as medidas necessárias, o seu cliente pode ainda assim agir contra si e atentar contra a sua segurança física. Se houver relações sexuais, então também essas trazem perigos, tais como a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

 

Mantenha uma mente aberta ao lidar com o seu cliente. Se quiser ser uma dominadora profissional, deve abordar fetiches e taras diversas sem quaisquer preconceitos. O seu cliente pode querer ser dominado por si por uma qualquer razão ou fetiche, mas que só a ele lhe diz respeito. Apesar do cliente lhe estar a pagar para ser dominado por si, trate cada cliente sempre com respeito e compreensão.

 

Por exemplo, um cliente pode dizer-lhe que procura os seus serviços porque quer que você seja responsável e dona de toda a sua vida diária, pessoal e profissional. O seu trabalho será acatar isso como uma mera fantasia e descartar esse desejo como sendo genuíno. Tudo não passa de meras fantasias e role-play.

 

Seja sempre assertiva. Nunca conseguirá controlar um cliente no papel de acompanhante dominadora, até que você consiga assumir o domínio total da situação. Coloque na sua cabeça que é você quem manda. Se o seu cliente estiver confortável, não tenha medo de dizer ou fazer nada com ele. Ele irá gostar de a ver exercer esse controlo sobre ele.

 

Por exemplo, pode hesitar em solicitar que o seu cliente fique calado ou que adopte um determinado comportamento submissivo, mas não hesite um minuto, a menos que o cliente o solicite expressamente ou empregue a palavra de segurança (ver mais à frente sobre “Safe words”)

 

Mantenha uma postura física e porte adequados. Lembre-se, você está no poder, pelo que manter uma postura decente comunicará inconscientemente ao seu cliente que você está no comando. Mantenha uma postura bem vertical, com ombros para trás e a cabeça sempre erguida. Empregue um tom levemente arrogante e sempre autoritário.

 

Deve ser evidente para o cliente de que se trata de si, dos seus interesses, dos seus desejos e suas taras. A menos que receba do cliente instruções em contrário, faça e diga o que lhe der na cabeça desde que não seja verdadeiramente prejudicial para o cliente ou para si. Quando você é contratada como acompanhante dominadora é você que tem de estar sempre no comando e tem de o fazer transparecer do inicio ao fim do atendimento.

 

 

 

Encarnar o papel de dominadora profissional

Pode e deverá solicitar a assistência de outra acompanhante dominadora como mentora. Se está seriamente empenhada em tornar-se numa dominadora profissional, ter alguém que lhe mostre a actividade pode ser bastante benéfico. A sua mentora pode ensiná-la a defender-se em caso de apuros, a negociar com o cliente, e até a ensinar-lhe determinados hábitos e comportamentos dos clientes quando levados ao limite em certos cenários.

 

Pratique as suas capacidades de comunicação verbal. Muito do que é preciso para ser ser uma acompanhante dominatrix é sobre o que se faz com os brinquedos e acessórios, mas o que se diz e como se diz pode ser igualmente essencial. Experimente fazer pedidos e falar assertivamente, num estilo mandona. Isto pode parecer-lhe estranho ao início, mas habituar-se-á a isso. Se quiser ver como outras dominatrix falam e se comportam, visite o PornHub.com e assista a alguns vídeos sobre o tema. Pesquise por vídeos com estas palavras chave : “Dominatrix strapon”, “Pegging e humilhação” e “Femdom” .

 

Planeie o seu tempo como profissional. Ser uma acompanhante dominatrix envolve muita representação de papéis. Crie um regime próprio para evitar que fique demasiadamente absorvida no seu papel profissional. Planeie e ensaie o seu papel de dominadora muitas vezes ao longo do dia, para que quando chegar a altura de estar com um cliente, tudo lhe acabe por parecer mais natural.

 

Pergunte aos seus clientes o que eles querem. Incorpore nos novos atendimentos que venha a fazer, todas as experiência BDSM passadas com clientes anteriores. Às vezes esses ex-clientes trazem ideias novas muito criativas e excitantes para empregar em outros clientes.

 

Muitos brinquedos e acessórios eróticos têm forçosamente de ser comprados. O BDSM e Bondage estão cheios de acessórios. Algemas, um chicote e uma venda são acessórios mínimos que toda e qualquer acompanhante dominadora deve possuir. Pode comprá-los online ou numa sex shop local. Pode também utilizar uma trela, coleira e cinto de castidade. Outro acessório muito usado é o Strapon para simulação masculina nos submissos.

 

Pode até pedir ao seu cliente para trazer os seus próprios brinquedos, se não tiver um acessório que ele deseja. Alguns clientes, se os obrigar a tal, oferecer-lhe-ão de bom agrado todos e quaisquer acessórios que estejam em falta. Lembre-se sempre de higienizar todos os acessórios.

 

Seja criativa e improvise. Se não puder comprar alguns acessórios, pode improvisar e fazer os seus próprios. Use por exemplo uma gravata de seda ou um cinto para engasgar o cliente. Certifique-se apenas de que o seu cliente está à vontade com isso.

 

Use os acessórios. A utilização correcta dos acessórios requer prática. Para dar ao seu cliente o grau de dor adequado com um chicote, por exemplo, é necessário praticar. Pratique e aprenda sobre os seus acessórios antes de os utilizar.

 

Não exagere. É fácil deixar-se levar e acabar por magoar o seu cliente. Já agora, uma vez que muitos clientes de acompanhantes profissionais são casados, lembre-se de confirmar com o seu cliente se ele está disposto ou não a ficar com marcas no corpo. Se ele não desejar ficar com marcas, tenha muito cuidado no manuseio de alguns brinquedos.

 

As acompanhantes dominadoras devem usar sempre uma palavra segura com os seus clientes, a já mencionada “Safeword“. Esse código avisará a profissional quando ela deve parar ou reter-se. Peça ao seu cliente uma frase segura para ele lhe dizer quando você deve parar. Por exemplo, “EscortsPins”.

 

Respeite as exigências do seu cliente. Comande e seja assertiva com o seu cliente, mas seja receptiva e atenta aos seus pedidos. Saiba quando parar se o seu cliente estiver em sofrimento ou inconsciente.

 

 

 

 

A roupa e aspecto Dominatrix

Arranje as roupas que a façam sentir-se sexy e empoderada. A roupa é um elemento básico da cultura do fetiche e da escravidão. Vista uma roupa de couro ou de látex de borracha. Considere vestidos pretos ou lingerie decotada. O seu cliente pode também especificar uma roupa.

 

A roupa de couro é muito utilizada nos actos BDSM. O fato de cabedal preto justo e colado à pele é também uma roupa icónica.

 

Eleve a sua estatura. As dominatrix usam muitas vezes botas de coxa alta. Estas botas, tal como o fato de gato (o “CatSuit”), tipo body justo, são consideradas roupa dominatrix. Opte por usar botas ou sapatos de salto alto. Se não pode usar saltos altos, tente então botas planas e pretas estilo militar.

 

Corpetes! Um espartilho é uma roupa de baixo apertada que ajuda a moldar e a manter a sua figura. Um espartilho de bondage é um fetiche que resulta sempre. Em vez de usá-lo debaixo do fato de couro ou latex, opte por usar o corpete apenas e só com uma sexy lingerie.

 

Outros acessórios sedutores que qualquer acompanhante dominadora pode usar são as meias de rede e as meias de ligas. Todas elas combinam muito bem com vestidos e lingerie. Usar luvas sem dedos ou com comprimento de cotovelo, são outra indumentária muitas vezes usada pelas profissionais dominatrix.

 

Por fim e porque até pode querer ocultar a sua real identidade, pode sempre usar uma máscara que cubra parte do seu rosto. Ficam sexy.

 

 

 

Amou este artigo? Partilhe com seus amigos!

Tem artigo para publicar? Escreva para nós aqui

12 days ago / escortspins
Acompanhantes Submissas – Regras de conduta

Acompanhantes Submissas, o que fazer e o que não fazer

 

Cada acção deve ter um limite. Isto também se aplica ao comportamento dos clientes quando passam tempo com uma acompanhante submissa. Contrata-se uma acompanhante para passar um bom tempo com um determinado cliente. Certo!

No entanto, ao pagar para ter a companhia de uma acompanhante submissa, obtém-se de certa forma maior autoridade para tratar a acompanhante de uma forma mais dura ou brutal. Isso não implica que um cliente possa fazer o que quiser.

 

Algumas acompanhantes submissas estão dispostas a submeterem-se aos seus clientes em alguns graus realmente elevados de actividades BDSM. No entanto, como ser humano, é necessário exercer contenção. Se não conseguir controlar os limites, poderá ter um impacto prejudicial a curto – médio prazo.

 

Antes de contratar uma acompanhante submissa, deve compreender o que pode e não pode fazer com essa profissional. Além disso, a acompanhante subserviente deve garantir sempre a sua própria segurança.

 

Este curto artigo pode ajudá-lo a compreender os regulamentos gerais de conduta comportamental sobre o que fazer nestas circunstâncias , e as acompanhantes podem aprender ao que podem e ao que não podem ou não se devem sujeitar.

 

 

 

O que pode fazer com uma Submissa:

  • Visite o anúncio relax, website ou blogue para saber mais sobre a acompanhante submissa que deseja contratar. Na página desta, pode ver todos os serviços que ela presta.

 

  • Considere se vai ficar satisfeito com o tipo de serviço que a submissa oferece e lá descreve.

 

  • Todas as suas obsessões estão lá listadas? Reveja e confirme.

 

  • Antes de iniciar o encontro, o cliente deve pagar a taxa. Pode haver lugar a pré- pagamento de sinal, caso haja necessidade de uso de parafernália de brinquedos sexuais ou reserva de masmorra BDSM.

 

  • Informe a acompanhante se você tiver alguma condição médica.

 

  • Use sempre protecção quando tiver relações sexuais.

 

  • Controle-se para que se mantenha dentro da linha limite. Os limites da Submissa foram previamente combinados com ela, inclusive a palavra ou frase código para parar. Não se desvie do combinado.

 

  • Uma acompanhante submissa continuará a ter regras e restrições. Deve seguir todos os regulamentos do acompanhante. Nunca se esqueça deste facto!

 

  • Durante a sessão, siga sempre as instruções da acompanhante. Ela pode ser sua escrava sexual de circunstância, mas lembre-se sempre de que aquilo é apenas role-play ou encenação sexual, não é a realidade.

 

  • Deve parar completamente quando a acompanhante lhe der o sinal. Normalmente as sessões de BDSM ou Bondage empregam frases ou palavras código para o efeito. São as chamadas “Safe Word” e quando qualquer um dos participantes a ouve, deve imediatamente suspender quaisquer actividades.

 

 

 

O que não deve fazer com a Submissa:

  • Não consumir álcool ou usar drogas antes ou durante a sessão de BDSM. Porque tem de manter a sua normalidade. Se usar drogas ou beber, pode perder o controlo ou empurrá-lo ou à submissa para além dos limites estabelecidos.

 

  • Não faça nada de ilegal ou arriscado. Se fizer algo ilegal, as acompanhantes continuam protegidas por lei, e se fizer algo perigoso para a acompanhante, haverá repercussões.

 

  • Não tente persuadir a submissa a fazer algo que ela não queira fazer ou que não tenha sido previamente estabelecido como no limite superior do que ela pode tolerar.

 

  • Use preservativos sempre que se envolver em actividade sexual, penetração anal ou vaginal. Algumas acompanhantes loucas e gananciosas deixarão os cliente fazerem sexo sem preservativos se eles estiverem dispostos a pagar uma taxa de serviço mais elevada. Elas nao fazem simplesmente ideia de que esse lucro a curto prazo, traduzir-se-á em muitas doenças a medio-longo prazo.

 

  • Nunca na sua vida obrigue a acompanhante, ou qualquer outra mulher, a fazer nada que ela não queira.

 

 

Conclusão:

Cada acompanhante tem limitações, e é da sua responsabilidade como cliente respeitar essas limitações.

 

É fundamental lembrar que as submissas não estão na actividade de acompanhantes para serem sacos de boxe.  A ligeira escravidão a que estão dispostas a serem sujeitas, tal como o jogo de papéis de fantasia, amarração e provocação, espancamentos e práticas de caning, é tipicamente apreciada por acompanhantes que são submissas.

 

Mas tal não implica que tenha de fazer a acompanhante sentir-se desconfortável; lembre-se, elas acima de tudo também são mulheres e seres humanos, e devem ser tratadas como tal.

 

 

 

Amou este artigo? Partilhe com seus amigos!

Tem artigo para publicar? Escreva para nós aqui

14 days ago / escortera-ads
A diferença entre Prostituta e Acompanhante de Luxo

A Distinção entre Acompanhantes e Prostitutas.

Para o cidadão dito comum que não faz uso de serviços comerciais de encontros, não há distinção entre ser uma acompanhante e ser uma prostituta. Na realidade, as actividades em ambos os sectores acima mencionados são extremamente diferentes. Há uma clara distinção entre como uma acompanhante ganha dinheiro e como as prostitutas ganham dinheiro. Este artigo irá explicar a distinção fundamental entre os dois tipos de trabalhadoras.

 

 

 

O que é exactamente uma prostituta?

As prostitutas são pagas apenas e APENAS por serviços sexuais. De acordo com a lei Portuguesa e em geral, no resto do mundo, à excepção da maioria dos estados nos EUA e países Islâmicos, vender serviços de sexo é totalmente admissível. As trabalhadoras desta profissão nunca anunciam formalmente que são prostitutas, mais por razôes que se prendem com pudor ou ética do que com qualquer outra coisa. A realidade dos factos é que vender sexo a troco de dinheiro é perfeitamente legal.

Contudo, há actividades adicionais que acompanham a indústria da prostituição que são normalmente proibidas. É por exemplo proibido aliciar potenciais clientes na rua através de poses sugestivas e indiscretas. Poderá ser considerado atentado ao pudor ou atentado à normal urbanidade da via pública. Outra coisa que é claramente proibida na maioria dos Paises onde a prostituição não é criminalizada, são os bordeis e/ou actividades de lenocínio, com algumas excepções na Europa e EUA.

O que importa reter é que normalmente uma prostituta é caracterizada como uma mulher que oferece favores sexuais de forma despojada nas ruas, a fim de apoiar o seu hábito de droga ou adições de outra espécie. Isto é completamente diferente de como funciona uma acompanhante de luxo.

 

 

 

O que é exactamente uma acompanhante de luxo?

Em contraste com a prostituição, uma acompanhante de luxo é uma actividades legalmente reconhecida na maioria do mundo, muito embora o busilis de ambas se cruze de certa forma. A diferenca é mais no formato que no conteúdo, mas fará toda a diferença como mais abaixo se verá. Uma acompanhante vende serviços de companhia por um determinado período de tempo. Embora seja verdade que uma acompanhante quase sempre tem relações sexuais com o seu cliente, há ocasiões em que isso não acontece.

Muitos homens que visitam Portugal em reuniões de negócios, mais antes da pandemia COVID19 – pois agora há muitas limitações -,  costumam vir sozinhos e muitas vezes não têm ninguém que lhes faça companhia. As acompanhantes preenchem este vazio, prestando companhia, bem como alguns outros serviços.

Elas acompanham os seus clientes a festas e outras reuniões, por exemplo. Quando existem eventos sociais e profissionais, é considerado normal a qualquer homem de negócios ser-se acompanhado por uma qualquer companhia feminina para fazer conversa social e entrar num trato mais socialmente aceite.

Neste propósito de convívio social, é claro que as prostitutas não prestam tais serviços aos seus clientes. Paras estas e seus clientes, tudo se restringe sempre a uma troca de sexo rápido e instantâneo, e muitas vezes pré-anunciado e até realizado sem pudor na rua, dentro do carro ou à beira da estrada nacional.

Já no que toca às acompanhantes, ainda para mais no que toca às que prestam os ditos serviços de companhia de luxo, todas as interacções sexuais com clientes são consideradas como privadas. O sexo ocorre com a permissão mútua de todos e pode ou não ser pago. Normalmente pressupõe-se incluído nas tarifas, mas pode extra-oficialmente obedecer ao pagamento de taxa adicional. O que importa reter é que uma acompanhante nunca anda pelas ruas à procura de clientes, não provoca e não atiça os homens na rua, e todo o seu trabalho é desenvolvido no isolamento do seu apartamento, da casa dos clientes, ou de um hotel.

 

 

 

Outros produtos e serviços.

As acompanhantes têm numerosas outras responsabilidades além de darem prazer sexual aos seus clientes. Muitos clientes contratam acompanhantes por outras razões que não o sexo. As acompanhantes podem ser contratadas para companhia de ocasião, como já tinha sido discutido, e por exemplo para serem aquele ouvido amigo a quem os clientes podem desabafar. Muitos indivíduos são incapazes de discutir as suas vidas difíceis com a sua família, pelo que ver uma acompanhante pode dar um ombro para chorar num momento de necessidade.

Espera-se que as acompanhantes, especialmente as que são de luxo, sejam inteligentes, astutas e relativamente cultas, o que nem sempre é o caso das prostitutas. Os clientes contratam acompanhantes a fim de se divertirem muito enquanto estão com elas. As acompanhantes fornecem mais do que apenas sexo, e aqui é onde as prostitutas e as acompanhantes mais se diferenciam.

Uma prostituta pode simplesmente passar alguns minutos com o seu cliente. Uma acompanhante, por outro lado, pode acompanhar o seu cliente nas suas viagens. Muitas acompanhantes de luxo, por exemplo, costumam ser solicitadas para irem ao estrangeiro com clientes sob condições específicas. As prostitutas, por outro lado, não o fazem, nem tão pouco são convidadas a tal.

 

 

 

Massagens terapêuticas e de relax

Muitas acompanhantes não oferecem quaisquer serviços sexuais. Em algumas situações apenas as massagens terapêuticas são permitidas. As casas de massagens são igualmente protegidas por regulamentos de prostituição, pelo que a indústria de acompanhantes é um óbvio substituto útil.

Estes tratamentos de massagem, claro, têm uma componente erótica, e é por isso que os consumidores pagam um extra por eles. Contudo, oferecer massagens aos clientes não é o mesmo que fornecer sexo, e esta é outra área em que a indústria de acompanhantes se diferencia do negócio da prostituição. Há algumas acompanhantes que são bem pagas porque são excelentes massagistas.

Torna-se portanto mais do que óbvio que uma outra vantagem que as acompanhantes de luxo têm em relação às prostitutas é que são elas quem determinam as condições para os clientes. São elas que definem e declaram explicitamente o que fazem e o que são os limites dos serviços, sejam eles de índole sexual ou apenas de meras massagens.

 

 

 

As acompanhantes têm uma vantagem significativa sobre as prostitutas no campo do marketing e da publicidade

Anunciar serviços sexuais em qualquer lugar é ilegal em muitos países no mundo. Felizmente não é o caso de Portugal e outros Países europeus, onde a publicidade a serviços de venda de sexo é perfeitamente aceite, carecendo no entanto e como é óbvio de aprovação do meio publicitário. E é exactamente aqui que jaz o problema.

Não é propriamente aceitável fazê-lo em painéis publicitários, tipo outdoors ou moopies. Também não é permitido fazê-lo em postes telefónicos ou em qualquer outra área pública. Uma vez que a indústria de acompanhantes é tratada em termos jurídicos como indústria de companhia, a publicidade e o marketing a ela associada é bem mais facilmente aceite.

Pode-se por exemplo fazer publicidade em quase qualquer lugar, especialmente na Internet e nas redes sociais. Isto proporciona às acompanhantes uma grande margem de manobra quando se trata de atrair clientes. Na realidade, a maioria das acompanhantes hoje em dia, especialmente as acompanhantes internacionais que frequentemente viajam pelo mundo, têm websites próprios e particulares onde os clientes podem directamente contactá-las e contratar os seus serviços.

Existem também directórios especializados de acompanhantes e sites de classificados de anúncios adultos, onde as profissionais podem fazer listar os seus anúncios. A verdade é que tais websites atraem os clientes com imagens sexuais, mas como são meros veículos publicitários de profissionais que vendem serviços de companhia, então tal passa a ser inteiramente legal, mesmo nos poucos países onde a prostituição ou venda de serviços sexuais ainda está proibida.

 

 

 

Aumento da remuneração

Talvez a distinção mais significativa entre prostitutas e acompanhantes é que as acompanhantes são pagas significativamente mais. Normalmente as acompanhantes dirigem-se  para um publico alvo que está disposto a pagar muito mais. No caso das acompanhantes de luxo elas prestam serviços de alta qualidade e verdadeiramente diferenciados, e são pagas em função disso mesmo.

Espera-se que sejam inteligentes, astutas, e capazes de manter os seus clientes envolvidos durante toda a sua sessão de atendimento. Pode parecer que é simples ganhar muito dinheiro na indústria das acompanhantes, mas não é verdade. Para conseguir aqueles encontros e sessões bem remuneradas as acompanhantes precisam de muito mais do que vender apenas sexo.

Para os clientes que normalmente solicitam serviços de acompanhantes de luxo, as mulheres não só têm de parecer, mas também ser.  Além de uma imagem física irrepreensível, costumam ser comuns predicados tais como uma cultura acima da média, e forma de vestir e de saber estar também acima da média, muito em especial quando por comparação com as mulheres prostitutas de rua.

 

 

Author: Guest post by “escortera-ads

Author Profile: https://escortspins.com/user/escortera-ads/

Contact email: vip@escortera.com

Personal Website: https://www.escortera.com

15 days ago / escortera-ads
Porque é que as Mulheres se tornam Acompanhantes?

Algumas discussões relativas a acompanhantes e prostitutas têm surgido com relativa frequência nos meios de comunicação social, especialmente sobre a razão pela qual as mulheres e estudantes universitárias estão a optar por uma ocupação que é inaceitável na sociedade actual.

 

Por outras palavras, uma acompanhante é uma pessoa que o acompanhará em situações sociais, enquanto que uma prostituta é uma pessoa que presta serviços sexuais por dinheiro.

 

Com o propósito de ganharem dinheiro, estudantes universitárias e mulheres podem decidir tornar-se acompanhantes, e entre as razões mais comuns encontram-se:

 

  • Arranjarem dinheiro para financiarem a faculdade ou para cobrirem os seus custos de vida.

  • Elas querem tornar-se donas de empresas.

  • Não estão dispostas a contraírem dívidas com a banca e/ou usurários. 
  • O seu cônjuge deixou-as.

  • Para terem sucesso, elas acham que devem ter a liberdade e o tempo necessários para criarem os seus filhos.

  • Elas estão empolgadas para terem mais entusiasmo nas suas vidas, fazerem novos contactos de amizade ou mesmo contactos sexuais.

 

Na grande maioria dos casos, as acompanhantes de luxo têm idades compreendidas entre os 25 e os 35 anos, são bem educadas e de formação média ou superior, e têm em mente um claro percurso profissional. Sabem que o salário mínimo não é suficiente para cobrirem as suas propinas universitárias ou os custos da pós-graduação, e têm receios de virem a ser sobrecarregadas com uma enorme carga financeira.

 

Enquanto a sociedade continuar a tratar estas mulheres com vergonha e continuar a encontrar falhas no seu comportamento,  talvez não esteja a compreender que um serviço de acompanhantes sexuais nem sempre é necessário pela necessidade de contacto sexual, mas sim pelo uso de um serviço emocional como meio de companheirismo com um homem que não tem cônjuge ou namorada.

 

Celebridades, figuras públicas e CEOs podem simplesmente desejar uma mulher deslumbrante ao seu lado, devido à sua necessidade de manter uma determinada imagem exterior numa determinada ocasião. Para evitar que os seus familiares e amigos lhes perguntem se têm um parceiro, por exemplo, algumas mulheres optam por ter um acompanhante masculino sempre que regressam a casa de férias ou vão para festividades.

 

Embora seja invulgar, não é descabido para os homens contratarem acompanhantes de luxo como suas namoradas para reuniões familiares ou profissionais. Um bom marketing pessoal conta muito e em algumas ocasiões profissionais, o facto de ser ter ou não uma companheira, pode significar fechar aquele negócio.

 

Quando as mulheres iniciam as suas actividades como acompanhantes de luxo,  elas costumam ficar encantadas com a ideia de não terem chefes que as instruam sobre o que fazer, ficam agradadas de serem capazes de estabelecer os seus próprios horários e de poderem marcar os seus próprios compromissos, e serem compensadas financeiramente. Para muitas mulheres, isto parecem ser argumentos poderosos para se iniciarem como acompanhantes de luxo.

 

Existem basicamente duas categorias distintas de serviços oferecidos na área da prostituição e companhias de luxo: os serviços que são legais e os que são ilegais. Muitas mulheres que são empurradas para a prostituição acabam lá contra a sua vontade, já as mulheres que se tornam acompanhantes de luxo voluntárias, essas fazem-no de livre e bom agrado. As prostitutas costumam ter uma liberdade de movimentos geralmente muitíssimo restrita, enquanto as acompanhantes têm uma liberdade de movimentos completa e podem abandonar a actividade assim que desejem.

 

Talvez a distinção mais significativa entre as duas actividades, a de prostitutas e a de acompanhantes de luxo, seja que as acompanhantes nunca são coagidas a terem relações sexuais com um cliente ou coagidas a usarem medicamentos que prejudiquem o julgamento dos seus próprios comportamentos.

 

Normalmente as acompanhantes de luxo estão salvaguardadas pela agência que as representa, e a sua segurança e paradeiro durante o dia e noite são constantemente monitorizados por câmaras de vigilância ou seguranças privados. No caso das acompanhantes de luxo que trabalham de forma independente, e que não estão associadas a um grupo de mulheres ou agência que as represente, elas costumam ter ferramentas que as auxiliam no escrutínio dos contactos e clientes.

 

Normalmente estas acompanhantes independentes usam sites de classificados adultos com algumas funcionalidades de segurança, usam smartphones com localizadores GPS, aplicações de denuncia de nrs de clientes e até grupos privados de Whatsapp onde as profissionais de sexo independentes trocam informações entre elas.  É por exemplo o caso da maioria das acompanhantes que trabalham em Portugal, onde por enquanto os bordéis e agências de acompanhantes ainda são ilegais.

 

Depois de lermos com atenção esta peça, pensamos todos ter uma melhor ideia da razão pela qual algumas mulheres escolhem este trabalho intermitente antes de por exemplo seguirem mais tarde uma carreira profissional, iniciarem uma família, ou fundarem um outro negócio próprio. No que diz respeito às vantagens financeiras, bem como às pessoas, lugares e experiências que elas acabam por ter, pode ser muito sedutor para essas mulheres, especialmente se elas forem novas e aventureiras.

 

Muitas mulheres sentem-se hoje em dia poderosas e não se arrependem das suas escolhas em termos de vestuário e de estilos de vida. Sabendo disto, talvez se esteja a abrir uma nova perspectiva sobre a razão pela qual as mulheres hoje em dia escolhem trabalhar como acompanhantes de luxo.

 

 

Author: Guest post by “escortera-ads

Author Profile: https://escortspins.com/user/escortera-ads/

Contact email: vip@escortera.com

Personal Website: https://www.escortera.com

20 days ago / cornudolisboa
Como Detectar Fotos Falsas nos Anuncios de Acompanhantes

O Horror das Fotos Falsas nos Anúncios e  as Fraudes com Acompanhantes e Prostitutas

 

Marcar encontros com Acompanhantes que não existem!

Muitos putanheiros já sentiram a frustração de fazer reservas com acompanhantes que realmente não existem!

Embora seja provável que te encontres com uma acompanhante, será que ela será a mesma mulher que te chamou a atenção enquanto a escolhias, entre muitas, pelos vários anúncios num qualquer site?

Lançar o isco, queimar e seguir” é um termo frequentemente usado na indústria das acompanhantes para descrever este tipo de comportamentos. O uso de fotografias de modelos que nunca trabalharam no negócio de acompanhantes é aceitável para certas acompanhantes independentes ou certas agencias de acompanhantes, que no limite acreditam estar a prestar um bom serviço à comunidade ou a protegerem a sua imagem / imagem das suas agenciadas.

Estas acompanhantes independentes ou agências de prostituição acreditam que uma vez que a modelo da fotografia tem um pouco de semelhança com a acompanhante, que tal modelo de trabalho será completamente ético e aceitável. Na verdade, não é  nada aceitável, não só porque se trata de publicidade enganosa, mas também porque normalmente resulta sempre  em desilusão e insatisfação para o putanheiro.

Eu posso perdoar a uma puta ou a uma agência de acompanhantes, por elas não actualizarem as suas fotos sempre que elas mudam de penteado, escolhem ficarem loiras, quando deixam de ir ao solário ou quando após umas férias mais relaxadas acabam por ganhar mais uns kgs de peso –  No fundo no fundo não existe uma drástica mudança de visual, apenas existem algumas mudanças e está talvez um pouquinho mais cheiinha.

Mas já quando a mulher que vais visitar revela-se afinal uma pessoa totalmente diferente daquela que esperavas e tinhas visto nas fotos, então isso simplesmente já não é de todo aceitável.

Se há normativos de comportamento e éticos de todo o cliente que contacta com uma prostituta, e escrevi recentemente sobre isso aqui no “Manual para todo o homem que quer ir às putas“, então nós como clientes também temos de exigir os mínimos e não mentir no anuncio e nos serviços anunciados incluem-se nesses mínimos.

Imagina só o seguinte cenário: Procuraste na internet por um Iphone de 1000 Euros de 2021, compraste-o , e quando to entregam afinal descobres que te enviaram um Nokia 3210 lançado em 1999 . Isso é suficiente para arruinar o teu dia, se não a tua semana inteira, pelo menos na minha opinião.

Para mim é absolutamente detestável que as acompanhantes mintam de forma tão clamorosa nos anúncios relax e que algumas persistam na mentira, mesmo quando eu tento confirmar ao telefone se de facto as fotos são mesmo reais e se correspondem ao que eu vou depois obter quando entrar pelo apartamento delas adentro.

Nesses casos eu vou até a ponta do caralho na perseguição a essas putas todas, denuncio-as todas nos fóruns da especialidade, e entro numa deriva de enviar SMS e emails Spam para os telefones/emails delas. Faço trinta por uma linha. Não tenho cedências ou limites para com quem tenta enganar os clientes.

Aliás, agora que estou a escrever estas linhas, decidi que irei abrir um Board de Pins aqui no EscortsPins.com apenas para  denunciar todas as acompanhantes cujos anúncios eu vou encontrando aí pelos variadíssimos sites de Anúncios Relax e que são clamorosas mentiras. Até hoje só tenho partilhado aqui no Escortspins.com sobre Acompanhantes sob as quais nutro especial interesse ou com quem eu já efectivamente fodi, mas estou também decidido a começar a denunciar aqui as putas fraudulentas e malhar nos seus nrs de telefone.

Fica prometido. Adiante…

 

 

Porque é que as Acompanhantes hesitam nas Fotos Reais?

Por várias vezes, em conversa com outros putanheiros, foi-me colocada a mesma questão. Se há acompanhantes que por vezes se parecem às mulheres que aparecem nas fotos roubadas da Internet e/ou de outras mulheres, porque razão então elas não tiram fotos reais a si próprias e as colocam nos seus anúncios?

Verdade seja dita que na maioria dos casos de fotos falsas, as mesmas nada têm que ver com a puta real.  Nessas situações está justificado o uso de fotos falsas, pois a puta é provavelmente um autentico camafeu e acha que só assim conseguirá ter alguns contactos comerciais.

Há no entanto situações em que as fotos roubadas são parecidas à realidade (já me aconteceu até apanhar pior nas fotos do que na realidade), pois então nesses casos, porque razão as putas e as suas agências insistem nesse doloso comportamento?

As únicas respostas que posso dar são as seguintes:

1ª Razão -A acompanhante não quer que lhe tirem fotografias porque está preocupada que familiares ou amigos a possam reconhecer.
Provavelmente a acompanhante não sabe usar o Photoshop para ocultar tatuagens ou usar um outro qualquer editor  de fotografia para tapar o ambiente de fundo.  Por exemplo para ocultar uma qualquer peça de mobília ou pormenor na habitação reflectido nas fotos e passível de ser identificado por um qualquer familiar ou amigo.

2ª Razão  -Porque as fotografias profissionais são caras, é muito mais conveniente copiar fotografias comparáveis a partir de um qualquer site de modelos. Poder faltar dinheiro para investir num local para fazer selfies, por exemplo um quarto de hotel, onde não haja quaisquer pormenores de mobília ou pessoais que a possam identificar.

Voltando ao passo anterior, se a acompanhante está preocupada com a sua identidade, ela deve apenas obscurecer o seu rosto ou oculta-lo, nada mais, nada menos.

Mas a verdade é que algumas nem se lembram que podem fazer selfies simplesmente não focando a parte do rosto, para que depois evitem andar a mexer em editores de fotografia. Muitos de nós putanheiros estamos dispostos a operação camarão, só comemos o corpo e deitamos a cabeça fora….mas pelo menos o corpo  tem de corresponder à realidade publicitada nas fotografias.

Na verdade, e para ser totalmente honesto no que penso, o que muitas destas Putas e Agências de Acompanhantes trapaceiras pensam é que dá menos trabalho andar a roubar fotos de outras e a enganar clientes, do que efectivamente realizarem umas sessões de fotos ou gerirem os seus negócios de forma honesta e profissional.

 

 

Como é que estas Acompanhantes e Agencias podem ganhar clientes fieis?

Boa pergunta. Não ganham! Estas acompanhantes e agencias trabalham no toca e foge, ou seja, no já falado “Lançar o isco, queimar e seguir”

Alguns clientes apenas aceitam o que aconteceu e não contam a ninguém, envergonhados que ficam por terem sido enganados. Dado que não é moralmente aceite ir às putas, e tratando-se de uma indústria com transacções comerciais individuo-indivíduo não avalizadas ou reguladas por nenhuma entidade, a maior parte dos putanheiros não se pode queixar ou recorrer a nada nem a ninguém.

Alguns, onde eu me incluo, tomam acções de irem reclamar anonimamente para os fóruns de discussão no  gp-pt.net, aqui no EscortsPins.com ou em tudo o que sejam sites de reviews espalhados pela Internet.

O problema é que quando essas Acompanhantes fraudulentas verificam que o seu nome e nr de telefone começa a ficar mal falado em círculos privados e em fóruns na Internet, rapidamente mudam de fotos (mais umas outras quaisquer roubadas de outro alguém), mudam de nickname/textos nos anúncios e inclusive mudam de nrs de contacto de telefone.

Com números descartáveis comprados em qualquer quiosque é facílimo matar uma qualquer identidade virtual na Internet e voltar a criar uma nova em 3 tempos. Claro que alguns confrades putanheiros rapidamente as voltam a detectar e a denunciar…mas nos entretantos, já as prostitutas e agências de acompanhantes burlonas enganaram mais alguns pelo caminho. O ciclo fecha-se por umas horas e logo recomeça com novas identidades.

E alguns de vocês perguntam-se. Mas isto é mesmo assim como descreves??

Bem podem acreditar que este é um procedimento operacional padrão em muitas acompanhantes que trabalham em Portugal e em muitas partes do mundo. Felizmente há também muitas que optam por usar as suas próprias fotos, muito embora às vezes as mesmas fotos já tenham alguns anitos. Não é de todo invulgar apanhar Acompanhantes com mais 10 ou 15 anos do que o que aparece retratado nas fotos do anúncio.

Algumas fazem questão em pedir aos sites que as certifiquem como tendo “Fotos Reais”, seja através de sessão fotográfica feita profissionalmente por um qualquer fotógrafo conhecido do site, seja através de serviços de verificação feitos via Webcam ou WhatsApp.

Por fim existem ainda os muitos e bons sites de acompanhantes que apenas aceitam anúncios nas suas plataformas, desde que as sessões de fotografia tenham sido feitas pelos fotógrafos deles e só após feitas as confirmações de identidade e de maioridade.

 

 

Detectar Anúncios com Fotos Falsas é a solução. Como proceder?

Eu resido e costumo foder Acompanhantes por Lisboa. Quando se trata por exemplo de Acompanhantes em Lisboa, o primeiro método para detecção é bastante simples.

Como todos sabemos, há uma infinidade de acompanhantes disponíveis em Lisboa. Há também uma infinidade de sites de acompanhantes que listam Acompanhantes a atenderem em Lisboa. A maioria desses sites são em regime de self-service, os chamados Sites de Classificados Relax,  sites onde o anunciante pode livremente anunciar e gerir o seu próprio anuncio. São exemplos destes o site Escortera.com, Portuas.com ou o famoso e gigante Classificadosx.net. Todos eles listam resultados em Lisboa.

Mas também existem os sites de putas boutique em regime de pré – aprovação e certificação, com fotografias e vídeos feitos internamente dentro de portas, os denominados sites de Acompanhantes de Luxo, onde o Apartadox.com, PortalPrivado.com ou o MomentosdePrazer.com são o expoente máximo em Portugal. Estes também listam resultados em Lisboa.

Alguns destes sites são pagos, outros são gratuitos com upgrades pagos. Independentemente da puta querer investir ou não na sua carreira e pagar para ter anúncio, será sempre do interesse dela tentar estar listada ao mesmo tempo em alguns desses principais sites que listam Acompanhantes por Lisboa.

Se a Acompanhante que te interessa não aparece em pelo menos em 2 ou 3 destes sites que acima te referi, há então uma boa possibilidade de as suas fotografias serem falsas ou manipuladas. À partida as fotos usadas em todos esses anúncios deverão ser as mesmas da mesma sessão ou senão pelo menos semelhantes. A pessoa deverá ser sempre a mesma. A mesma fisionomia, as mesmas tatuagens, os mesmos sinais corporais.

Mas este não é um método definitivo e totalmente eficaz, uma vez que alguns sites ou agências de acompanhantes trabalham em regime de exclusividade publicitária, fazendo com que uma determinada puta apenas esteja listada num site apenas.

 

 

Qual o método seguinte para detectar Putas com Fotos Falsas?

Abre o website de anúncios relax onde está listada a Acompanhante sobre a qual pretendes confirmar sobre a veracidade das suas fotos. Vai à página de perfil da acompanhante nesse website. Agora é a altura de fazeres o download das suas fotos. Isto pode ser feito clicando com o botão direito do rato na imagem e seleccionando “Guardar imagem como…” a partir do menu pendente.

Navega até ao “Google Images” nesta altura. Depois de guardares as imagens, podes arrastá-las e soltá-las directamente na caixa de pesquisa do Google. O Google irá então procurar a imagem na web e compará-la com outros sites onde a imagem tenha aparecido.

Uma imagem de acompanhante falsa é facilmente identificada se aparecer num grande número de websites que não estejam ligados ao negócio de acompanhantes, como é o caso. Como podes ver, a amostra que escolhi aqui para ti apareceu num grande número de websites não relacionados com acompanhantes, na sua maioria websites de notícias masculinas ou artigos comuns, tornando claro que descobrimos um anúncio com fotos falsas.

Em alternativa a fazeres download da foto para o teu PC ou telemóvel e depois fazeres o subsequente upload para verificação junto da Google, tal como acima te descrevi, relembro que a maioria dos browsers actuais, sejam eles em mobile ou desktop, possuem no menu contextual (clique direito em cima da foto) a opção de “Pesquisar Imagem no Google“. É uma forma ainda mais rápida que automaticamente te envia a foto selecionada para a “Google Images“, sem que seja necessário que faças primeiramente o download da foto para o teu dispositivo.

 

 

Outras dicas sobre as Fotos nos Anúncios de Acompanhantes

A minha 3ª dica) Qualquer câmara de smartphone ou câmara fotográfica profissional fabricada nos últimos 10 anos produz fotografias de qualidade e boa resolução gráfica. Presta atenção à resolução / pixéis de cada uma das fotos no website. Se as fotos forem muito pequeninas em tamanho físico ou se estiverem pouco pixelizadas e fraca resolução, então por certo são fotos roubadas e são fotos falsas. Por mais que os websites de hoje em dia façam optimizações e compressões às imagens dos anúncios de Acompanhantes, há mínimos que se mantêm.

A minha 4ª dica)  Tenta às vezes topar algum outro pormenor nas fotos que seja suspeito. Uma acompanhante que diz ser Portuguesa, a viver e a atender em Portugal mas que depois aparece numa foto, nua a tomar banho, rodeada de embalagens de shampoo e cosmética com sinalética ou textos redigidos em outra língua??  Desconfia da puta!!

O tipo de soalho,  ombreiras de portas ou arquitectura no seu geral que não se usam em Portugal e ela diz atender em apartamento na Amadora?? Desconfia da puta!!

 

 

Aplica estas regras a todos os Anúncios de Acompanhantes

Se for um site de classificados self-service, do tipo que lista vários anúncios de Acompanhantes independentes de todo e qualquer lado, prossegue avaliando individualmente destas formas e sugestões que te indiquei, de cada vez que te deparares com uma puta que te chama a atenção ou que te causa interesse em foder.

Nesses sites encontrarás muitas vezes acompanhantes com anúncios com fotos reais, totalmente misturadas com outras acompanhantes fraudulentas. São sites de classificados self-service e portanto não fazem qualquer escrutínio. Estás por tua conta e risco.

No caso de obteres um resultado de fotos falsas quando fizeres uma verificação tal como eu sugeri, a um site de uma agência profissional de acompanhantes, uma casa de putas, uma casa de massagistas, então recomendo-te que nem sequer te dês ao trabalho de ir verificar mais fotos de outras acompanhantes / massagistas que estejam listadas nesse site. Provavelmente serão todas iguais e de acompanhantes falsas.

Prossegue o teu caminho para outros sites. Felizmente em Lisboa e em Portugal como um todo, o que não faltam por aí são sites de Acompanhantes onde podes encontrar anúncios de profissionais com fotos reais e sem nada a esconderem ou temerem.

 

 

Considerações Finais

Eu não redigi este longo texto para andar aqui a desencorajar as pessoas de recorrerem às prostitutas ou massagistas, ou muito menos de entrar numa deriva de bota-abaixo contra as profissionais que tantas alegrias e prazeres nos dão.  Pelo contrário , escrevi-o mais como um abre olhos, um alerta para que os putanheiros possam ainda ir mais vezes às putas, mas com a certeza de que o que irão sempre encontrar serão profissionais do prazer seguras e honestas.

Eu adoraria poder agora compilar aqui nesta peça uma lista completa de todas as Agências de acompanhantes Burlonas e todas as Escorts Independentes com Fotos Falsas que já conheci, que conheço e que ainda andam por aí no activo. Julgo contudo que não é agora o local e lugar para o fazer, para além de que este texto já vai muito longo.

Como prometi num dos parágrafos que acima escrevi, irei em breve criar um board de Pins aqui no EscortsPins cujo busílis será denunciar todas as putas que insistem em usar frequentemente fotos falsas.

Até lá por favor espalha a palavra e partilha este meu artigo com os teus amigos putanheiros, para que assim possamos filtrar todas essas putas impostoras que por aí andam.

Um bem haja a todos e a todas!

 

Author: Guest post by “CornudoLisboa
Author Profile: https://escortspins.com/user/cornudolisboa/
Published Date: 07/07/2021

40 days ago / cornudolisboa
O manual de todo o Homem que quer ir às Putas

Estás farto de punhetar, ganhaste coragem e decidiste avançar para o teu primeiro encontro com uma puta, mas não sabes o que esperar, o que dizer, ou o que fazer, certo?  Já estive desse lado. Se te estás a sentir confuso com a ideia de te encontrares com uma acompanhante pela primeira vez, aqui se seguem algumas dicas que te vão ajudar no que fazer e dizer quando fores ter com uma puta.

 

Vamos começar com algumas dicas que propositadamente aqui o confrade “CornudoLisboa” traz para ti!



 

FAZ ISTO, antes até de estares a foder a Puta:

Tenta ser muito pontual. Chegar 2-3 minutos mais cedo é aceitável. Chegar 15 minutos antes do tempo não é; a tua puta pode ainda estar numa sessão com outro cliente ou estar ocupada a limpar a esporra do outro cliente e a deixar tudo limpo para a tua marcação. A menos que seja uma casa de putas com muitas pervas a atenderem na casa, e eles tenham uma sala de espera e te tenham dado autorização expressa para chegares mais cedo, faz o possível para apenas chegares alguns minutos antes da hora combinada.

 

Tem o teu pagamento pronto e disponível na carteira. Certifica-te de que não há confusão ou embaraço depois mais tarde no acto de pagamento da tua foda. Tem em atenção o cardápio de preços para os serviços de boca, cona e cu da tua acompanhante e tem o teu pagamento pronto quando chegares até casa dela. Tu e a tua puta já à partida discutiram o preço dos serviços e ambos estarão há muito cientes dos custos envolvidos, por isso é extremamente deselegante fazer com que a tua acompanhante tenha de te lembrar ou recordar sobre preços e pagamentos.

Há confrades putanheiros que já tentaram ir às putas com os bolsos vazios, alguns (poucos) comeram e não pagaram, mas outros acabaram a dar o cu ao Reinaldo. Consta que foram empalados e que doeu.

A respeito disto dos pagamentos, há por ai uns caralhos de uns putanheiros – chamo-os  todos de caralhos no sentido depreciativo, pois estão todos normalmente de má fé para com as putas –  que sugerem pagar apenas depois de comer, mas não corroboro dessa forma de estar na vida.

As desconfianças nestes serviços de acompanhantes são de parte a parte, tanto da parte do cliente que está na duvida se o acto sexual corresponderá às expectativas criadas, como também da parte da puta, que não sabe se o cliente a fode e depois se vai queixar de que afinal o cu estava estragado ou fora de prazo.

Nestas merdas eu recomendo que paguem e não bufem.  No máximo quando comerem cona estragada, venham depois para aqui para o Escortspins.com ou Gp-pt.net descarregar o vosso fel.  É assim que eu faço por mais de 15 anos e assim o continuarei a fazer. Tenho conseguido escapar ao mangalho de 25cms do Reinaldo.

 

Uma Dica sobre guita,  que agora vai meter alguns confrades, que se acham todos machões, por aqui em polvorosa. Recomendo Gorjetas!
É completamente aceitável e muito agradável dar uma gorjeta à acompanhante pelo seu tempo, cona, cu e mamas oferecidos a ti. Trata a tua interacção como farias com qualquer outra experiência de serviço. É aceitável ir para os habituais 15-25% se ficaste mesmo contente com a puta.

 

Telefona ou envia mensagens de texto em alturas apropriadas. Não te metas a melgar a puta com conversas da “chacha” para ver se sacas uma punheta a ouvi-la ao telefone Nada disso! Se precisares de cancelar, adiar ou mesmo marcar um novo atendimento, avisa-a de imediato. Se estiveres a cancelar, tenta fazê-lo pelo menos em 24 horas antes da hora da tua marcação. Isto é ainda mais importante no caso das acompanhantes de luxo em regimes de outcall (saídas apenas).

 

 
Conhece, sorri e cumprimenta. Quando vais cortar o cabelo ao barbeiro, não arrombas a porta e gritas: “VÁ TOCA A CORTAR O CABELO QUE JÁ SE FAZ TARDE!!” Fica à vontade para relaxares uns momentos antes da foda e apresenta alguma conversa fiada. Não faz mal perguntares à tua puta como é que ela se está a sentir naquele dia, se está tudo ok com ela, se o negócio está bom ou se já aviou à conada e cuzada muitos fregueses. Fazer conversa introdutória, desde que não seja por muito longa e de punheteiro, não costuma ofender.



MAS NÃO FAÇAS ISTO, antes de estares na cama com a Puta:

Não exijas marcações imediatas. Estás com os colhões cheios, mas vai com calma e poe-te em sentido. Nenhuma puta é tua escrava.
Podes ter sorte e contactar alguém que te possa ver de imediato, mas o mais provável é que, como todos os outros compromissos baseados em compromissos, já existam horários e clientes agendados. Se a tua acompanhante escolhida não te conseguir arranjar um horário, verifica educadamente com ela sobre a disponibilidade que funcione para ambos.

 

Não apareças demasiadamente cedo. Se fizeste por exemplo uma marcação para a hora de almoço, e logo de manha começares a rondar à porta do prédio dela ou começares a telefonar a dizer que já estacionaste, tal não só é inaceitável como também pode interromper a marcação de outro putanheiro ou perturbar o calendário da tua acompanhante. Normalmente as putas tentam atender-te dentro dos prazos e horários combinados previamente ao telefone. De certeza que o estão naquele momento a tentar fazer de forma semelhante e com a mesma consideração para com outros confrades putanheiros que naquele momento a estejam a foder.

 

Não trates a acompanhante como se fosse menos que tu. Como eu já escrevi acima, as putas / acompanhantes / massagistas relax (chama-lhes o que quiseres)  NÃO são tuas escravas ou empregadas.  Não entres a abrir com elas e numa de exigência de que o atendimento se inicie de imediato ou em determinados propósitos. A tua acompanhante está bem ciente de que lhes pagas pelo seu tempo e companhia; lembrá-las deste facto não só não será necessário, como também pode facilmente ser interpretado como muito indelicado. Faz-nos sentir bem sermos considerados importantes aos olhos da prostituta, mas acho que nos fará sentir bem melhor transmitirmos uma ideia de que somos uns tipos simpáticos e educados.

Bem sei que há algumas profissionais do sexo que deveriam rasgar a sua cédula profissional ( se a houvesse), de tão fraca postura e simpatia, mas deveremos sempre questionar-nos se a atitude certa naquele momento será mesmo rebaixarmo-nos ao nível dessas “profissionais”. Com essas , não me querendo repetir, pois já o escrevi acima, é mesmo comer, pagar e depois vir aqui ao Escortspins, Gp-pt ou outros fóruns  comunicar e relatar as péssimas experiencias ocorridas com elas.

 

Não desates a exigir informação ou a fazer perguntas indiscretas.  Não és da PJ ou Psicólogo, e mesmo na eventualidade de o seres, não estás lá, naquele preciso momento com a puta, como representante de qualquer uma dessas classes profissionais. Fazer perguntas do tipo: “Qual é o teu nome REAL?”. “Tens Mesmo que IDADE?” “TENS FILHOS ou MARIDO?” ou sequer armares-te em bom samaritano, tentando dar-lhes emprego ou fazendo-as ver que há outros caminhos profissionais, não o faças ! Muito menos consideres entrar por caminhos de perguntas sobre violência, do tipo saber se elas se sentem seguras ou se alguma vez foram atacadas. Isso é caminho para te desligarem de imediato o telefone na cara e bloquearem-te o nr., ou deixarem-te de responder no Whatsapp ou Email.  Lembra-te que normalmente as acompanhantes respeitam a tua privacidade, por isso faz questão de ser recíproco.

 

Não tentes regatear ou negociar preços. Para todos os efeitos o sexo para as acompanhantes não é mais do que um negócio. Elas estão a cobrar-te o que bem entendem por um preço que elas consideram justo, no sentido delas é claro, ou o que é necessário para amortizarem o que elas entendem por investimento, sejam elas despesas para se meterem bonitas para ti, irem à depilação ou solário, meterem umas mamas postiças, ou coisas mais sérias, do género pagarem a renda da casa, o colégio ou alimentação dos filhos, ou irem passear para o Centro Comercial Colombo e torrarem o dinheiro todo a comprar sapatos Louboutin.  Isso é lá com a puta e nada tens que ver com isso. Ou aceitas as condições ou não aceitas e segues para outra.

 

FAZ ISTO quando já estiveres na cama com a Acompanhante:

Tenta elogiar a tua acompanhante. Toda a gente gosta de elogios. Se ela afinal for um camafeu, não digas nada ou então diz-lhe que as fotos do anuncio não são muito parecidas (lembra-te da regra: come, paga e vai relatar a péssima experiencia). Não há problema em elogiares a puta quando estiveres com ela. Tenta prestar atenção aos pequenos detalhes que mostram que ela teve o cuidado de se preparar para a tua foda: A lingerie dela é tesuda? Colocou algum acessório que te dá tusa e corresponde às tuas taras? Se sim, então mostra apreço.

Sente-te à vontade para recapitular quaisquer fantasias ou acordos anteriormente combinados ao telefone ou no Whatsapp. Já falaste sobre o que pretendes e se aquela tara pode ser realizada?  Não faz mal perguntares novamente sobre os mesmos, desde que não sejam substancialmente diferentes do que tinha sido combinado e adiantado telefonicamente. Não podes por exemplo combinar ao telefone com a puta, que gostas e irás fazer papel de submisso para com uma profissional dominadora, e depois chegar ao apartamento dela e afinal dar tu uma de dominador, querendo que ela passe a submissa.

 

Dá alguma autonomia à acompanhante e deixa-a liderar o caminho. Se ainda não estás tão confortável e relaxado e ainda não sabes como as coisas estão ou irão correr, diz isso à puta. Porque não? Sem vergonhas! Uma profissional do sexo rapidamente adaptara a atitude na cama por forma a que tu não te sintas intimidado. Algumas das putas na praça viram caralhos há anos e já tiraram os três a metade de Lisboa e Porto….elas sabem bem o que fazer contigo.

 





NÃO FAÇAS ISTO, quando estiveres a foder a Acompanhante:

Não fales de violência ou perguntes por experiências traumáticas. Perguntar a uma acompanhante, especialmente enquanto estás privadamente com ela, se alguma vez ela foi vitima de violência ou atacada, é uma forma rápida de a fazer sentir-se totalmente insegura e se calhar chamar o Reinaldo para te dar uma valente carga de porrada ou então ir-te ao cu. As putas ficam assustadíssimas com esse tipo de conversas, mesmo as acompanhantes de luxo relacionadas com BDSM ou Dominação. Um assunto desses é logo o suficiente para a foda terminar ou nem sequer começar, sem que sequer passes pela casa de partida. Independentemente da curiosidade que tenhas em relação a algum passado da puta, este tipo de assuntos são TABU.

 

Nunca insultes a prostituta. Nunca! A maior parte delas não estão à procura de um salvador, dos beneméritos e santinhos, de um homem rico ou sequer gostam das fantasias tipo Pretty Woman. Afirmar coisas deste género: “Não podes fazer isto para sempre!”, ou perguntar “Não queres mais da vida?” são coisas absolutamente ofensivas para qualquer puta. Deves também ficar longe de comentários negativos sobre a aparência física delas, tais como, perguntar em estilo de afirmação, a uma acompanhante MILF (entradota): “Não estás a ficar um pouco velha para isto?” ou “Alguma vez consideraste implantes/cirurgia/perda de peso?”.  Estas são afirmações rudes e indelicadas, e não há qualquer razão para dizeres coisas destas à tua puta.

Já o escrevi vezes sem conta acima, mas não me canso de repetir. Nenhuma acompanhante / puta / meretriz é tua escrava. Na sua presença, trata-as com o respeito que qualquer ser humano merece.

 

Não ultrapasses os limites que foram previamente definidos. Já concordaste com a puta no que vai consistir o teu encontro, por isso não peças ou faças coisas sob as quais nada tinha sido acordado.  Por exemplo, sei de casos de confrades putanheiros que decidiram levar amigos juntos, quando tinham combinado com a puta que apenas um estaria presente. Ou que levaram acessórios de foda com eles, para a puta usar nela própria, mas sob os quais a puta não tinha dado o seu aval ou concordância prévia.  É imaturo e habilitas-te a que a puta chame o Reinaldo para te ir ao cu.

 

Não te armes aos cucos com uma puta.  Não dês a entender de que és o rei do guelas, a ultima coca-cola do deserto, de que tens muito dinheiro, de que tudo queres e tudo podes.  Ali no quarto e na cama és só mais um, e estás mano a mano. Não atires com o dinheiro para cima da cama como se a puta fosse tua escrava ou empregada. Não digas que podes, fazes e acontece. Do que tens ou não tens. Mais rapidamente estarás com o Reinaldo entalado no cu ou então a levar porrada pelos costados acima, ou pior, metido numa encrenca com os Bratvas. Não faltes ao respeito à puta, tal como nunca faltarias ao respeito a um qualquer outro profissional no seguimento da sua profissão ou tarefa.


 

RECOMENDAÇÕES FINAIS PARA TODO O PUTANHEIRO:

Se vires uma acompanhante tua conhecida em público, tipo a circular no seu dia a dia na rua, café ou ginásio, não te aproximes dela. A menos que elas te tenham dito explicitamente que não há qualquer problema em fazê-lo.  Não digas aos teus amigos quem elas são e o que fazem, e muito menos te aproximes delas para falares sobre atendimentos futuros ou sessões de sexo passadas.

 

Usa sempre preservativo no sexo vaginal e anal. No sexo oral , apesar de não tão importante,  é na mesma desejável.
Qualquer prostituta minimamente profissional, que acautele a sua própria saúde e a dos seus clientes, lembrar-te-a de o colocares e os mesmos estão sempre incluídos no preço das fodas. Não precisas de os levar de casa, ou de passar previamente na farmácia ou supermercado.

 

Quando uma experiência com uma puta for negativa, tenta fazer no exacto momento um reparo de forma elegante e cortez junto da profissional. Caso ela não atenda ao reparo num sentido mínimo de bom senso comum ou critica construtiva, então paga e baza dali para fora. Mais tarde vem à Internet reclamar e denunciar o tipo de trato. Já escrevi que tens aqui o EscortsPins ou o Gp-pt para esse efeito.  Pessoalmente nutro um imenso respeito por toda a profissional puta, mas também não tolero faltas de profissionalismo e atitudes mercenárias sem limites. Denuncia publicamente, mas fá-lo sempre em segurança.

 

Bem acho que ficam aí com um bom compêndio…boas fodas para todos, com saúde e segurança!
Espero voltar em breve com um novo texto!



Author: Guest post by “CornudoLisboa
Author Profile: https://escortspins.com/user/cornudolisboa/
Published Date: 18/06/2021

 

May 7, 2018 / Marina Chicago

I have come across a few posts that claim they have the great tips to finding yourself a great “temporary girlfriend”. Unfortunately,if you do listen to them, you will most likely only offend the ladies that you contact using these so-called tips.

For instance, some tell you to haggle the lady’s fees and other such horrible advice !

Take it from me, I’ve not only spoken to countless women in the sex work industry, I have also been on the receiving end of similar type messages. These will not be met with much if any success at all ! Instead, that type of approach is consistently met with you being blocked from further contact and your message deleted .

Let me help you be successful !!

If you follow the tips that I recommend, your likelihood of a successful and thrilling meeting with a beautiful  woman of your choosing will increase exponentially by following these simple ( perhaps common sense ) steps that I outline for you here:

The first step you take is to do a google search for the type of lady that you seek.

For instance, do you prefer a blonde, a brunette, a redhead, etc. Then add in the body type that you are most attracted to. So your online search should look something like this: “blonde, busty athletic escort in Chicago”. A fairly plentiful and helpful list of ladies should come up by doing this more specific type of searching. You can further narrow your search by also adding in the terms “independent” or “tall”, “”petite”, “elite”,etc. to the original google search so that it may end up looking like this;” blonde, busty, tall, athletic, natural independent escort in Chicago. That’s if you are really wanting to narrow your search or maybe you are in more of a time crunch.Then this will be very handy !

So now that you’ve narrowed your choices down to a few options you follow the next steps.

Review their photos (always the fun part!!)and the ones that catch your eye, review their websites, any of their blogs if they have them and then their social media accounts.

Yes, I realize this takes a bit of time, but it will be worth it, you will see ! So, if you find yourself captivated by a particular provider, you can feel more in your choice and in reaching out  to her and introducing yourself.

You can keep the introduction just that. Or you can also include an appointment request. Be mindful that many ladies cannot or do not offer same day appointments. Keep your message friendly, polite, professional and at least offer your full name and the best way to reach you back . This lets the lady know that you are serious about meeting her and that you respect her and her appointment process .

Some entertainers have contact pages that ask for specific bits of information . Do not try to by pass this .  If you do not feel safe providing your information, either do a bit more research on the lady that has interested you or go to the provider that was your second option .

If you follow the lady’s leads and requests, you will be on your way to an exciting, easy and fun filled first date !  One that could be just the beginning of many more to come! Pun intended!!

 

 

Author: Guest post by “Marina Chicago
Author Profile: https://escortspins.com/user/marina-chicago/ 
Contact email: eroticmarina@gmail.com
Personal Website: http://marinachicago.com

 

April 10, 2018 / CandysCurves

So the Fostapocolyse has begun! 

4 days post BP shutdown we are still surviving in Knoxville, TN.

BP accounted for 90 if not more of most of the business in Knoxville but since its seizure by the feds on Friday, it has proved to be just 1 of the many victims of the upcoming HR 1865 bill.

Although the seizure allegedly is about 90+ indictments against BP, it comes way to close to the passing of this law.

Trump is supposed to sign the bill into law tomorrow 4/11/2018, so we shall wait for the next major hurdle.  Will Twitter and other social media outlets start to ban SW´s?

Will US residents be blocked from accessing out of the country hobby sites, like TER?  The unknown is far worse than the known. 

Sending love, best wishes and many happy future days of SW to my comrades!


Author:
 Guest post by “CandysCurves

Author Profile: https://escortspins.com/user/candyscurves/

Contact email: CandysCurves@protonmail.com

Personal Website: http://candyscurves.com

January 7, 2018 / escortspins

The difficulty of organizing a lot of information about Escorts ….

It is with optimism and pride that we announce that the Escortspins.com project will begin. If you are a pervert like many in our team are, then you will almost guess what the principle and objectives underlie the creation of this project.

For a long time we surfed the Internet looking for escort ads and often had difficulty keeping track of our browsing and save the links of our favorite escorts’ ads.

To make matters worse, there are many different ad sites around the world and they exist in an order of magnitude of tens of thousands, in many different languages and also appealing to many different niches.

When we sometimes found a central point of condensed information, such as normal forums or discussion groups about escorts or prostitution, it was rare that the information about each companion was shown in an interesting, appealing and intuitive graphic format.

It was in order to solve this problem that we decided to launch this small space of discussion and promotion of companions, where all the lovers of escorts, masseurs and sex workers can share, comment and organize the ads that are found around the world.

Having told you about this little introduction, we leave you some basic principles on the way Escortspins.com works, wishing you already the best knowledge shares about this delightful world of luxury escorts.

What is Escortspins.com?

It is a central hub for sharing ads and reviews about luxury escorts and sex workers from around the world.
We call it the social sharing for escorts ads.

How do you share an ad?

After registering for free, you can start to enter your favorite ads. You have 3 ways:

You can use our ad URL importer for the ad url you want to share and fill in the fields that appear to you. The photo and some fields from the source ad will be automatically imported and posted to the site.

You can also use our “bookmarklet” plugin and whenever you find an ad you like to share to Escortspins.com, please click on this “bookmarklet”.

Finally, and as a last resource, you can always upload a new original ad, by filling in the normal fields of any escort ad. A photo, ad title and description. Do not forget to add the escort phone number for the folks to be able to contact the escort and you’re done!

Can you organize the ads that are shared in Escortspins into groups?

Yes. We call that a Repin. You can repin ads that have already been shared by other members into your account. This will make it easy to build your favorite lists.

Can you freely comment on each ad?

Yes, as long as the comments are polite and constructive, you can comment on the comments and discussions box below each ad share.

Not only will you be able to comment, but we also recommend and we strongly urge you to do so. If you have experienced being with one of the escorts, then please share your experience with everyone. The community will appreciate that.

For more info regarding the Q&A and Terms of Use of EscortsPins, please check our “About” section.

We wish you a great time with us. Please share all the escorts knowledge you got with the rest of the world!


Top
pt Português
X
Toggle This