Joana Fontes princesa de oeiras com amigo bicha enrabado +351-968952452

Já comi a cona a esta Joana Fontes e parti a bilha ao amigo paneleiro que ela tinha quando os 2 atendiam em Oeiras há uns 5 anitos a esta parte.

Na altura, por 2015, esta Joana fontes iniciava-se pelo mundo da putaria…e atendia com um amigo gay passivo ali pela zona do Estoril – Oeiras.

Apanhei o anuncio dela na “Bíblia” que já era na altura o Classificadosx.net, já à data um dos sites com maior quantidade de anúncios por cm de ecrã.

Comecei só por marcar com a Joana, mas sabia que ela tb tinha amigo panasca no apartamento…ela dava uns toques a isso na redação do próprio anuncio que estava no Classificadosx.net .

Na chamada de marcação para aprofundar os detalhes da praxe fiz questão em perguntar se ela atendia como casal, ao que ela confirmou. Respondeu que sim, que tinha amigo para o efeito de programa a 3 e que naquele dia estava tb a atender.

Eu perguntei meio tarado se ela gostava de ver o amigo dela a apanhar na peida. Ela , notando-se o nervoso na voz ( dava mesmo toques de inexperiente) , la  confirmou, entre meias gargalhadas, de que gostava de as vezes assistir as brincadeiras desse amigo, ainda para mais porque ate achava giro (palavras dela) ver ação entre homens.

PUMBA !!! fiquei logo de pau feito !!!Bastou-me saber que a teenager gostava de ver o amigo a levar na bilha, que em 15 minutos estava eu plantado à porta da entrada do edifício.

Lembro-me que era um edifício esquisitoide…tipo com galerias por dentro, um prédio junto a um forte de oeiras..parece-me..sei que achei na altura aquela merda toda confusa.

Mas lá dei com o buraco.

A Joana Fontes recebeu-me na porta vestida normalíssima, tal como se de uma universitária se tratasse. Calcas de ganga e um top qualquer, tipo 1 qualquer miúda bonita de rua vista no transito não se diferenciaria desta puta.

Gostei imediatamente do sorriso meio traquina, da voz doce e meiguinha de jovem inexperiente e do corpo alto  bem feito.

A Joana Fontes, à altura de 2015, era mesmo uma TOP não sei como a puta anda hoje, mas na altura era mm querida e girinha.

Asseada, bonita, muito estilo GFE , muito teen, uma tesuda do cacete. A Simpatia transbordava e notava-se mesmo que queria agradar-me. Eu devia ser um dos primeiros 20 clientes da vida dela….ela estava acabadinha de entrar na putice.

Da porta de entrada do prédio meio manhoso, ate ao quarto, foram uns 5 metros. Mal me abriu a porta guiou-me de mão dada ate ao quarto.

Notando eu alguma inexperiência, aquele ar de pita jovem e alguns tremeliques na voz, fiz questão de pagar adiantado. Queria deixar a miúda 1 pouco mais segura . Sei bem o receio das iniciantes em darem sem receberem . 50 euros foram imediatamente lançados na pequena  mesa de cabeceira, não sem antes eu informar a Joana que iria estar por apenas 30 minutos.

Comecei com 1 minetada naquela coninha muitíssimo bem aparada por sinal e ela bem guiada lá se começou a entreter a mamar-me no bezerro..

Era patente a necessidade da Joaninha agradar-me…tom meigo, olhos meigos a olhar-me para cima enquanto me mamava de joelhos….não abocanhava mesmo ate ao fundo tipo puta pro, mas fazia aquela rotação de mão tao deliciosa enquanto a punhetar-me o mastro.

Entretanto no meio do cunnilingus e Fellatio lá voltei eu à carga a pensar para um trio…e pq lembro-me que achei a casa muito silenciosa para quem dizia estar a atender com amigo. Achei tudo demasiado silencioso, A minha experiencia de putanheiro colocou-me logo em alerta.

Perguntei à Joana se ela estaria sozinha por casa ou se de facto o amigo dela, o gay passivo com anuncio tb e sobre o qual ela me tinha falado ao telefone, estaria tb por lá por casa, exatamente como ela me tinha falado ao telefone aquando a marcação introdutória.

Ela lá me confirmou que sim, que ele estava por lá. Perguntou-me se eu estava interessado em vê-lo e que depois logo decidia. Assim o confirmei.

Ela disse-me para esperar….saiu do e fiquei uns 3 minutos sozinho no quarto e a ouvir ela a trocar infos com alguém lápara o mini corredor daquela barraca. Bem dito bem feito, lá me aparece ela com um rapaz, não tao efeminado como eu estaria à espera, até algo musculado e bem composto para o que pretendia,…mas quando abre a boca…lá se revelou…Bicha! Bicha a 100%!

Aquele tom afectado de passivo-bicha, o gesticular e o toque festivo de quem anda desejoso de arrebitar o cu para levar umas boas stickadas. Conheço-os e conheço-as bem.

Se há coisa sobre a qual  eu tenho tara é a de partir o cu a paneleiros na presença das suas amigas, sejam elas profissionais ou não comerciais. Tiram-me do serio, no bom sentido, as experiencias de comer o cu a marido+mulher ou a casal de namoradinhos “moderno”

Porque ja tinha estado a ser chupado pela Joana Fontes, o meu pau estava já de fora e eu estava totalmente nu. Muito embora tivesse estado a espera que a joana voltasse, por uns 3 a 5 minutos, os meus tecidos cavernosos ainda estavam bem inchados….embora evidenciando um pichorro já não tão entusiasmado.

Bem..o que é facto é que o bicha dela quando viu o meu pau até se benzeu….riu-se para a Joaninha…Alias ambos, ele e Joana Fontes teceram largos elogios ao meu pichorro…”grande?” , “Não sei se aguento!”…lembro-me de ouvir comentar o paneleiro, afirmações corroboradas pela Joana também.

Ali estava o meu mastro, meio duro / meio flácido encoberto pelas pregas do preservativo, pronto para desbravar aquelas 2 putefias lambonas.

Era evidente que não era a primeira vez que aqueles 2 estavam juntos para  serem desbravados pelo mesmo macho…a cumplicidade entre ambos era notória

Pensei eu na altura, afinal se calhar esta Joana Fontes tem mais rodagem do que aparenta….

Como comercial que eram a Joana e o gay passivo dela, lá combinamos que por mais 50 euros, poderíamos estar a 3 e que eu poderia ser activo com os 2.100 euros para comer um cu de um bichano jovem + 1 cona de uma pitinha, e tudo só numa cajadada

Pareceu-me bom negocio e larguei logo mais 50 euros na mesa – lembro que Joana nao fazia, nem acho que faz anal – uma pena dado aquele delicioso olho de cu limpinho que ela tinha (tem?)

Posso dizer que passados 3 minutos eu era o camisola amarela da foda ali.De pé perto da cama, com um dos pés alçados em cima da cama, tinha ali 2 bocas gostosas a chuparem-me o caralho.

O bicha da Joana tratava-me mais das bolas e da base do mastro, enquanto ela me tratava da glande e topo do mastro.. ..e eu massajava aquelas 2 cabecas de submissos, tal como se fosse o Rocco Siffredi de Oeiras.

Às vezes alternavam de missão por um momento. ela passava para os colhoes e ele para a glande…mas fiquei com a ideia de que, no seu geral, ele gostava era mesmo de bolas na focinheira.

Ele um Gay passivao da melhor espécie, fazia barulhos de sugar, gemia, babava-se de cuspo…tal taradinho a lamber-me os colhoes…já a Joana estava mais composta….com uma técnica mais apurada, sem querer gastar mais recursos do que eram necessários.

Quanto a mim, eu nada fazia a nao ser afagar-lhes e pressionar-lhes a cornadura em direção ao meu mastro e meter os dedos na cona e clitóris da Joana. B

Recordo-me dos comentários entre ambos , o sorriso cúmplice entre amigo – amiga, enquanto se lambuzavam com a minha pichota.

Experiencia Inesquecível, não porque eu não tenha episódios ou experiencias de foro bissexual semelhantes, mas sim mais porque os 2 (o panasca e a joana fontes) eram quase virgens nas andancas, pelo menos à altura dos factos.

O que se passou a seguir é que após uns 3 a 5 minutos lambuzanco, ambos se meteram de gatas. Reparem que eu nem tive que lhes pedir, nem eles sequer me perguntaram quem deles seria o primeiro a levar com o mastro…ou sequer me colocaram à consideração se seria no estilo missionario / mamã papá ou outra qualquer posição. Não!

Viraram-se os 2, meteram-se ambos de canzana na cama e deram-me a escolher sobre com qual o cu que começaria.

Optei por começar por desbravar a cona da Joana Fontes com força, ao mesmo tempo que batia, com palmadas elegantes, no cu dela e do amigo paneleiro. Parecia o baterista de uma qualquer banda de metal.

A minha coreografia pélvica não saia disto:  Com a mão esquerda foi espremer o alto da nádega esquerda da Joana Fontes, depois avançar para a mega stickada na cona dela, através de um arrebita com força até ao talo do caralho, quase ao ponto dos colhoes se sentirem órfãos.

Quanto à mão direita, essa estava sempre reservada para bater sincronizadamente e alternadamente entre a nádega direita da Joana e o esbofetear do cu por inteiro ao amigo gay passivo.

Lembro-me que o panasca estava a adorar o ritmo, sempre que a minha mão direita se soltava em direcção a malhar no cu dele, já ele guinchava e gemia por antecipação. Eu estava num êxtase!

O que é facto é que apesar de toda a situação excitante, não me vim naquela situação….não estava a conseguir concentrar-me a 100% para deitar a meita…Eu suava em bica, martelava com vontade a Joaninha, batia no cu do panasca….mas não estava no meu melhor…

Tudo o resto indicaria que sim e até me lembro de achar a coninha da Joana Fontes bem apertada….muito apertadinha, não ao ponto de estrangular o caralho como o cu do panasca mais tarde o fez, mas bem apertadinha…sim senhor!! e especialmente dada a fisionomia da menina, pois era bem alta, nos seus 1 metro e setenta e picos, recordo-me.

Da minha experiencia pessoal, sempre confirmei a missiva de que cona alta muitas vezes é cona laça. Raras vezes foge a este padrão mas a Joana Fontes posso assegurar, pelo menos para 2015, para a sua estatura tinha a cona bem apertadinha. Hoje não sei, com tanto malho….

Retomando a minha experiencia com estes 2…..não estava satisfeito..e que fez aqui o moi-même?? :)Lá tive de me ir refastelar naquele cuzao, praticamente sem pelos, do paneleirote. Sou parvo não?? Ali estava ele de canzana ao lado da sua amiga Joaninha , sempre a rebolar-se quase como que a implorar por pau, e eu ainda com os gêmeos bem cheios….nem 2 nem 3 minutos esperei. Toma lá minha bichinha!!!!

Bem…bem amigos…..esfuraquei aquele rego que acho que até doeu a quem viu, neste caso a Joaninha que assistiu a tudo do inicio ao fim. Acho que a Joana Fontes só não se masturbou logo ali com tanta taradice só porque não calhou….

Eu suava em bico para cima das costas do paneleirote e enfiava-lhe o caralho naquele cagueiro que até fazia fumo. Bufava, arfafa, grunhia em cima do bichano, quase que lhe mordia o cangote como os gatos fazem às fêmeas, de tão tarado e possuído dos cornos eu estava.

Era um misto de vontade de me querer esporrar ali, tanto por ter enchido os colhoes de ter estar há pouco dentro da cona da Joana,  mas também porque queria dar espectáculo aos olhos da putinha / pitinha Joana Fontes.

Só tive pena mesmo que em todo o acto em si, nunca tenha ouvido umas palavras de incentivo da Joana a pedir-me para arregaçar ainda mais o cu  ao amigo dela.  Se eu as tivesse ouvido na altura acho que teria deixado o cu do panasca sem cagar por 1 semana.

Foi com tanta berlaitada que dei naquele cu e tanta ordinarice que saiu da minha boca, tão excitado eu estava, que por momentos até tive de parar pois magoei-me ao de leve no meu colhao direito, de tanto ele bambolear e bater nos colhoes pequenos do panasca enquanto eu lhe atazanava naquele cu.

Pela descrição que eu faço parece que isto foi interminável e parece que este nível / ritmo de acção durou uma eternidade…mas nada disso.  Não sou atleta de alta competição, nem tao pouco estou a concorrer para as olimpíadas do sexo.

Bastaram alguns 4 a 5 minutos a arfar e a pingar suor em cima daquelas costas e estava eu já refastelado dentro do cu do panasca….Todo esporrado e preservativo cheio de leitada.

Lembro-me que no momento em que urrei que nem um animal, senti que a coisa poderia estar a começar a passar dos limites. O desconforto do amigo da Joana comecava-se a notar (estaria já a doer) e a própria Joana Fontes , de um esgar entesoado inicial com aquilo tudo, tinha passado a um esgar de amiga preocupada com o amigo.

Juro que perdi o controlo…se eu tivesse um realizador porno naquele momento naquele quarto, estou certo de que logo ao primeiro take eu já teria ganho o titulo de Comedor do Século  no AVN Awards de 2015, os globos de ouro do porno. Estive em grande, mega touro comedor esfomeado. Rebentei com aqueles dois.

Foi a única vez que estive com esta Joana Fontes. Nunca mais estive com ela pois nunca REPITO cromos nem cromas. Para repetir como o que tenho por casa.

Sei que entretanto ela saiu de Oeiras, andou pelos Acores, pelo Porto e pelo caralho a quatro….Não sei se esta mais bonita ou mais feia, mais gorda ou mais magra.

Se for guiado pelos anúncios que ela ainda mantém regularmente online, posso continuar a recomenda-la aqui aos comedores de putas, massagistas e acompanhantes. O corpo da Joana Fontes parece-me continuar igualzinho e posso garantir que as fotos que hoje encontro não são as mesmas que encontrava há 5 anos atrás.

Penso que ela até fará boa rotação de fotos recentes nos anúncios dela, pois lembro-me de as vezes ter passado por anúncios dela, na minha procura incessante de novos cus para desbravar.

A atitude,  o ar de pitinha inocente, o sorriso, a voz meiga, o ar tao fora do tipico cliché de puta, tudo na altura a valorizava . A manter-se assim como a encontrei, só a posso recomendar.

Quanto ao paneleiro do amigo que a acompanhava, nao sei tb o que é feito dele.  Quanto a esse nunca mais o apanhei a anunciar como independente. Provavelmente saiu de mercado.