Thalya, mais uma a querer sacar guita no OnlyFans +351-926363465

Com a puta do COVID-19 montes de putas viraram-se, e acho bem, para as virtualidades das webcams, venda de fotos e vídeos.

Até lá nada contra. Todas e todos tiveram que fazer pela vida e o mercado das prostitutas foi um dos mais afectados pela pandemia.Afinal as – coça grelo em frente à webcam – sempre existiram desde os primórdios da Internet e com a pandemia só tinham toda a logica de alastrarem ainda mais. 

Sites de coça-conas a gorjetas do tipo Chaturbate, cam4 e outros de quengas na webcam existem desde meados do ano 2000…para não falar dos sites com pagamento ao minuto, do tipo LiveJasmin ou imlive.com que já existem desde o inicio do milénio. 

A estes primeiros que já permitiam as putas venderem conteúdo digital, apareceram nos últimos anos algumas plataformas que permitem clubes de fans e a qualquer artista erótico montar a sua página de subscrições mensais e pedido de donativos. Sites como o Onlyfans.com, Loyalfans.com e Inkedgirls.com são os  mais populares exemplos desta recente onda e são várias as mulheres, espalhadas por esse mundo inteiro, que as utilizam.

Nem vou por agora falar da sempre proliferação de perfis falsos a tentarem linkar para programas de afiliados de sites de encontros – dating…enfim…escreverei um artigo inteiro sobre a total fraude desses cabrões todos dos sites de dating normais (picha procura cona, pois o mercado swinger é outro capitulo a parte)

Bem, escrevia eu que nada tenho contra formas adicionais de rentabilização por parte destas mulheres..apoio e têm de se virar…mas sobre o que eu já tenho muitas reservas é sobre a proliferação deste tipo de anúncios – que vendem virtualidades – quando espalhados nos sites de classificados relax.. …e quando então aparecem travestidos de convívio real eu então passo-me da marmita.Esta mania de escreverem nos anúncios que têm Skype, Whatsapp e que vendem fotos e vídeos já me cansa. Quando contactadas para encontro real, dizem aos clientes que afinal não fazem real. Tentam de todas as formas convencer a sexo virtual todos aqueles que inicialmente foram tentados por um anuncio que falava de sexo REAL, num site de classificados relax para sexo real, onde os clientes estão habituados a escrutinarem putas para sexo real!!!Ou estas putas vendem o pito e a sua companhia física ou então deveriam estar proibidas de anunciar nos sites de  classificados relax – sites de putas,  a NAO SER SOMENTE SE devidamente categorizadas e hierarquizadas na respectiva categoria correcta! Ponto final e sem ASPAS caralho!!!

Espanta-me é mesmo como é que este tipo de anúncios são sequer aceites pelos admins desses sites OU porque razão não reclassificam esses anúncios para as categorias correctas. Q

Serve este já longo texto o propósito apenas de dizer que esta puta Inkbabe é um claríssimo exemplo de uma que anuncia que faz real, mas que depois tenta vender virtualidades. Apenas sexo Virtual diz ela. Tem anúncios no Classificadosx.net e no Portuas.com e diz que vende cona, mas com ela só levam um apito, quiçá acabam a subscrever uma mensalidade no Onlyfans a troco de uma punheta ou 2. 

Com gajas do género da do deste anuncio, e todos os outros anúncios similares, só há 2 saídas possíveis: Ou acabam a bater punhetas em frente ao computador, depois de elas vos sugarem 20 paus…Ou então elas até aceitam encontro para sexo real, mas a tipa da foto que mostra o rosto e tudo o mais será para vocês apenas uma miragem. Vai-vos aparecer à frente uma puta que nada tem que ver com a miúda das fotos…ou então marcam e ela nem sequer aparecerá no local e hora marcados.